"No princípio criou Deus os céus e a terra."

"Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus. Sl.90:2"

"Dá-me a conhecer, Senhor, o meu fim e qual a soma dos meus dias, para que eu reconheça a minha fragilidade" Sl.39:4.

domingo, 6 de novembro de 2011

Meditando nas palavras de Jesus I

Hoje pela manhã meditei em Mateus 6: 25 e, essa é uma passagem que particularmente eu gosto muito. Sempre que estou naquele stress devido a correria do dia a dia, me volto para esses versos do capítulo seis do livro de Mateus e medito no quanto Deus se importa com minha saúda e minha prosperidade!

O versículo 25 de maneira particular me trouxe uma nova reflexão essa manhã, ao me concentrar na parte final do verso que diz: " ...não é a vida mais do que alimento, e o corpo, mais do que as vestes?".

Bem, essa semana tive o desprazer de ouvir de alguém a qual eu considero, uma expressão não muito agradável. Talvez até a palavra esteja errada, talvez tenha sido apenas uma expressão verdadeira de alguém que pensa diferente do que eu penso e, sendo assim, tenho apenas que respeitar! Pois bem, um certo rapaz me disse que não tinha uma namorada porque ele prefere uma esposa, no entanto, não tinha uma esposa porque prefere comida! Isso mesmo, comida!!

Ou seja, não conhecemos ninguém que viva sem comida, mas em compensação, é perfeitamente possível viver sem uma esposa! Dizia ele. E...foi nesse momento que me reportei para o versículo em questão.

"Não é a vida mais do que alimento" - como enterdermos que a vida é mais do que alimento, se é com alimento que mantemos a vida?! É de se questionar, não é mesmo?!

Entendo que o alimento, a comida, é importante sim, é necessário, e sem alimento realmente não temos vida. Creio que o verso fala ao nosso coração de dois tipos de alimentos.

Primeiro que nossa preocupação não deve se focar no alimento material  que teremos ou não teremos amanhã, pois a ansiedade não nos é saudável e todo cuidado de Deus já foi dispensado sobre nós. Depois, que o próprio capítulo diz que basta ao dia o seu próprio mal, ou seja, para que acumular as preocupações de hoje que já temos, com as demais preocupações que ainda virão?

Segundo, acredito eu que o outro tipo de alimento seria o que realmente abastece nossa alma. Que alimento estou eu abastecendo minha alma?

Já assisti documentários de pessoas que estão fartas de alimentos materiais, e procuram na alimentação muitas vezes exagerada, a paz de espírito, o sossego da alma, a direção certa para a vida. Todavia, essas pessoas ainda não encontraram o verdadeiro alimento, ou; em outras palavras, o segundo alimento - o alimento da alma. "Não é a vida mais do que alimento!!!

"Não é a vida mais do que as vestes" - de que adiantará está vivo se não posso está vestido adequadamente para o meio social? Mais do que as preocupações de se fazer parte ou não de um grupo social, é importante saber e ter certeza do que realmente estou vestido. Ou será que não estou vestido? Às vezes, a vergonha por algo que fizemos, ou que tenhamos dito nos faz sentirmos despidos diante de Deus e das pessoas.

As vestes que tenho vestido estão me trazendo vida realmente? Com que tipo de vestes tenho me apresentado diante das pessoas e de Deus? Tenho reconhecido que preciso mudar as vestes? Ou já me acostumei com os trapos amarrados ao meu corpo?

Se o alimento que estamos ingerindo, ou as vestes que estão em nosso corpo não nos tem trazido vida, então é hora de fazermos uma avaliação e com a ajuda de Deus, que põe em nossa frente a vida e a bênção,  receber o poder para fazermos a melhor escolha.

Que Deus nos abençõe e nos guarde em seus braços de amor!!

Marcmel!!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

"Faxina no quarto - Ordem ou desordem?!"

Bem, depois de não sei quantos dias sem postar algo aqui no blog resolvi aparecer para compartilhar na rede mundial e mais especificamente aos leitores assumidos e anônimos que dispensam parte do tempo para ler o que escrevo - inclusive, muito obrigada - algo que me tem deixado intrigada.

Como hoje resolvi fazer uma faxina daquelas no meu quarto e haja livros para organizar, mas enfim consegui fazê-los caber no meu arquivo. O problema é que quase não andei depois de tanta dor em tantos lugares. A idade dói às vezes!!!

E no meio da "livrarada" acabei encontrando um principoema que fiz há meses, só não lembro a data exata. Enfim, há alguns trechos que se adequam ao meu sentimento atual, que aliás não é tão bom assim. E mesmo sabendo que não é tão bom, sei que preciso passar por isso, porque na verdade todas as coisas cooperam para  o bem daqueles que amam a Deus!! E Ele nos amou primeiro. Allelluia!!!

O principoema não é lá essas inspirações, possivelmente o escrevi numa lembrança de raiva ou de revolta, então não é bem isso que se passa dentro em mim, é bom que seja dito!

Estive pensando esses dias em como algumas coisas dependem exclusivamente de nossas ações e outras que não importa  o tamanho de nosso esforço elas nunca reagem!! Nossa como isso me tira o fôlego!  Algumas coisas na vida são perfeitamente práticas, outras no entanto, são perfeitamente independentes de nossa ação ou reação e aí nessa hora é que depertam em nós umas faíscas daquilo que somos interiormente. Como um vulcão que entra em erupção e você fica tentanto acalmar as arestas para que não venha se expandir. É assim que me sinto agora!

Chegam algumas peguntas tentando nos amedrontar e você fica ali meditando e procurando focar a mente em lugares mais tranquilos, mas elas insistem em aparecer. E a pior parte dessa situação é quando a imaginação não quer parar de funcionar e você ali sonhando acordada, construindo mundinhos e tentando passar a mão no coração!

Eita situação que me deixa sem norte, que me faz conhecer quem eu evito de ser!

Eu acabei de lembrar de uma situação de minha vida quando ainda criança e fazia natação. Certa vez fui assistir a uma competição na qual uma amiga participava. E naquela posição de preparação para pular na piscina ao som do apito, lembro claramente que minha amiga "queimou", ou seja,  na ânsia de competir ela pulou na piscina antes do apito do instrutor.

Acho que me encontro nessa posição, com ânsia de pular na piscina e esse bendito apito não soa!! Meu coração na verdade é o grande personagem,  ansioso para pular na piscina, às vezes acaba se condenando se é que posso chamar isso de condenação. Como saber os sinais certos? Há sinais certos? Como não confundir a razão quando o coração grita para o cérebro em vez de ser paciente e apenas falar calmamente? Como fugir de algo que te eleva e ao mesmo tempo traz uma sensaçãozinha dolorida que te faz sentir o som do coração dentro do peito? Como entender uma infindável distância e uma ligeira aproximação? Como entender  e separar a verdade de ser mulher e ter de ser apenas amiga? Como alcançar um peixe sem linha  o suficiente e a perda da habilidade de pescar? Como ser o que preciso ser e continuar sendo o que simplesmente sou?

É, como dá pra perceber, são muitas perguntas e poucas respostas, mas nessa hora me reporto àquele comercial sobre cultura que diz: "Como você pode ver, não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas - O conhecimento é irresistível"

Pois é isso. Eu acho! Se algum leitor ou leitora quiser registrar alguma opinião isso será uma alegria pra mim. Quanto mais sugestões melhor! Se é que alguém tenha entendido o que eu disse..aff!!!

O principoema se chama Negação e vou postá-lo agora. Então que Deus me faça sábia e me dê uma porção dobrada de paciência pra  que eu possa entender tudo isso e esperar o que Dele virá através de tudo isso!!

NEGAÇÃO

Não quero seu dinheiro podre
Não quero seu caráter pobre
Nem tudo que reluz é ouro
Nem tudo que aparenta é nobre.

Não quero sua arrogância fútil
Não quero suas asneiras tolas
Nem tudo que aparenta é útil
Nem toda sugestão é boa

Não condenes tua própria língua
Não canses tuas palavras em vão
Não te devoto paciência amiga
Não te guardo em meu coração

Não espere de mim abraço
Não é tua a minha atenção
Não embarque nesse embaraço
Não estendas a mim a tua mão

Nem ao menos por um só dia
Não desejas o meu perdão
Não sonhes com minha companhia
Não te detenhas em ilusão

Não há nada de errado em tudo
Não há tudo nesse pouco de nada
Não há negação nesse absurdo
Nem absurdo em não ser amada!

Marcmel!!



terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ganhei Selinho - Que bom!!

Há dias, quem sabe meses, recebi um selinho de minha amiga de blog Érika Aisha, mas devido ao tempo escasso não pude postar aqui no blogger. Hoje, percebi que fui presenteada com mais um selinho pela autora do blogger "oislanomeucaminho". Então hoje, quero postar os dois e tentar fazer a parte mais difícil dessa proeza que é indicar os dez blogs que receberão os selinhos.

Infelizmente não foi possível postar o selinho de Érika do blog "Sermulcumana" em razão da minha lentidão de internet.afff... Então na próxima postagem com certeza esse selinho estará por aqui. :)

Então abaixo seguem as instruções para quem receber o selinho:

1. Exibir a imagem do selinho no seu blog.

2. Postar o link do blog que te indicou.

3. Indicar 10 blogs para receberem.

4. Avisar aos escolhidos.


Quanto aoss 10 blogs que devo indicar por enquanto vou postar apenas alguns:

Feltroaholic.blogspot
Pakmixbrazil.blogspot
Sermulcumana.blogspot
ursinhudajuh.blogspot

Se alguém ainda estiver interessado pode mandar o sinal que posto o link do seu blog.

sábado, 3 de setembro de 2011

Questionamentos..A santidade de Deus e a minha pecaminosidade !!


Hoje, 03 de Setembro de 2011 - Salmo 15:1 - "Quem, Senhor, habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte?"

Estava eu aqui pensando sobre a vida e o quanto estaríamos tão sozinhos se Jesus não fizesse parte de nossas vidas! Pensando exclusivamente na minha vida tão corrida e às vezes tão solitária, comecei a escrever sobre questionamentos muitas vezes presentes nos escritos dos salmistas. E lendo agora a pouco o Salmo 15 - O cidadão dos céus - comecei a identificar em mim as marcas que reforçam a minha pecaminosidade. Foi então que surgiu o seguinte principoema:


Quem, Senhor?

Quem sou eu meu Deus?
E quem é o Senhor?
Não enxergo meus erros
E aponto os erros do irmão
A mão eu estendo ao próximo
E com a boca apunhalo o coração.

Quem sou eu meu Deus?
E quem é o Senhor?
Falo da fé e da bondade
E duvido do teu poder
Escondo minha vida de Ti
E da tua verdade não quero viver.

Quem sou eu meu Deus?
E quem é o Senhor?
Caminho para teu templo
E teu templo não tenho sido
Para Ti eu nunca tenho tempo
E da fé tenho escarnecido

Quem sou eu meu Deus?
E quem é o Senhor?
Tua palavra negligencio
Teus preceitos não priorizo
E sabendo o que não sou
É  somente de Ti o que preciso.

Quem sou eu meu Deus?
E quem é o Senhor?
Tu conheces meu coração mal
E sabes o que não sou
Tens visto os meus pecados
E me resgatas com o teu amor.

Quem sou eu meu Deus
E quem é o Senhor?
São perguntas que me faço
Ao contemplar a tua glória
E me vendo tão distante
Eu te suplico a Vitória
Mas não me deixes esquecer
De questionar com temor
Quem sou eu meu Deus?
E quem é o Senhor?


 Marcmel.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Paradinha para escrever..!!


Miragem

É possível viver só estando junto?
É possível viver junto estando só?
Não me faça complexa pergunta,
Qual dos dois seria pior?
Beijar os teus cerrados lábios,
Ou segurar a mão do vento?
Soluços em tristes ensaios,
Sorrisos em tristes lamentos?
Nessa perversa solidão, enfim
Não me decido a teu respeito
Sem saber se te desprendo de mim
Ou se assumo tua partida de peito
Enquanto minha ebriedade
Solicitar por tua presença
Não sentirei de ti saudade
Nem duvidarei de tua ausência.

Marcmel

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Inspiração do mato, beleza no ato, escrevo e repasso...Com certeza é um "principoema"..

Não sei muito bem o porquê, mas tenho uma forte ligação com a natureza. Eu posso está super estressada, muitos pensamentos na cabeça, mas é só está em meio a natureza que chego a me transportar para outro lugar. Deve ser saudades do Éden.

Outro dia, aliás meses atrás escrevi um "principoema" a respeito da relação de Adão e Eva no jardim, tenho certas curiosidades sobre esse lugar e quando um dia eu estiver ao lado de Jesus vou pedir umas explicações e poder andar com Ele contemplando esse lugar maravilhoso.

Hoje, precisei terminar uns trabalhos, papelada de sempre e como gosto de ficar ouvindo alguma coisa, acabei por encontrar uma pasta de um amigo biólogo na qual continha vozes de pássaros e bichos. Ou seja, dentro do meu quarto me senti verdadeiramente numa floresta.

Então me veio um desejo de escrever no papel o que eu estava sentindo naquele momento. É claro que se condensa as emoções quando as resumimos em letras, por isso é que quando escrevemos desejamos tanto que elas toquem mais corações como o nosso foi tocado.

O som que eleva meu coração

Um pássaro cantando...
É uma mata desabrochando...
É o Sol que vem raiando,
É o cardume que vem nadando...

Um pássaro a cantar...
É a brisa num leve soprar...
É a flor no seu deslindar,
É a paz que vem morar...

Um livre cântico a soar...
É meu sonho que me vem exalar...
É meu Deus que me vem falar,
É o céu que me vem estar

Quando ouço o pássaro cantar...
É a lembrança que me vem buscar...
É uma porta do céu que aberta estar...
É o meu Éden que me veio chamar.

domingo, 24 de julho de 2011

Mais uma primavera chegou - Aniversário!!

Hoje, 24 de Julho de 2011 é o dia mais lindo do ano para mim!! Meu aniversário.! Hoje foi um dia relativamente inusitado, muitas coisas ficaram fora do que eu que havia planejado, mas em uma reunião familiar pude ouvir de meu pai uma perguntinha que ele sempre fez pra mim, talvez ela possa soar sem sentido no primeiro momento, mas hoje parei pra ouvir e dessa vez refleti, refleti com mais intensidade.

"Quantas letras possui a palavra vida?" perguntava ele para mim. E depois disse: " A vida é uma canção, é uma melodia..." Achei essa resposta tão bonita! E pensando no ser humano de maneira geral a vida possui tantos significados, não é mesmo?

Para alguns a vida é um eterno sofrimento pelo qual todos passamos, há quem diga que o próprio inferno é essa vida...Para outros, a vida é muito ingrata, injusta e sem alegria. Mas há aqueles que enxergam a vida como um nascer de Sol. Há aqueles que conseguem enxergar em cada respiração um motivo para agradecer. E há aqueles, pelos quais tenho profunda admiração, que de uma visão periférica poderíamos admitir que possuem todos os motivos para dizerem que a vida é injusta,  todavia em meio aos maiores obstáculos conseguem ver as bênçãos derramadas cada vez que a respiração invade seu ser. Essas pessoas encontraram  o elixir mais precioso que se pode ter, a pedra de diamante mais procurada, o baú de tesouro escondido...Essas pessoas encontraram alegria e gratidão de viver em tudo que fazem e em tudo que vivem!!

Ter um coração agradecido é uma das maiores dádivas que o ser humano pode ter, pensemos juntos: Uma pessoa com espírito de gratidão entende que a vida não provém dela mesma, portanto deve todo seu respeito ao seu Criador. Uma pessoa com espírito de gratidão entende que tudo que ela possui é fruto da força que emana de Deus para lutar. Uma pessoa com espírito de gratidão entende que os pais sofreram, lutaram e fizeram tudo com muito amor para ter condições de proporcionar o melhor para os filhos. Uma pessoa com espírito de gratidão consegue enxergar as bênçãos dos céus caindo sobre ela.!

Em um dos meu principoemas há uma estrofe que diz o seguinte:  

A  imaturidade nos deixa marcas
Que  impregnam  nossa memória
Nos  lembra que fomos e somos
Retalhos  de uma longa história.

Há uma frase que já ouvi algumas pessoas dizerem: " Muitas vezes encontramos um amigo que é mais nosso parente que nossos próprios familiares..." 

Essa semana estive meditando no versículo que diz:

I Coríntios 14:33 - "Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos."

Não concordo com essa expressão (que outros são mais parentes que os nossos familiares), entendo que quando o apóstolo diz que Deus não é Deus de confusão, ele também quer dizer que estamos debaixo dos cuidados de Deus. Ou seja, não nascemos no lugar errado, não somos filhos dos pais errados e certamente não somos pais dos filhos errados, não somos uma confusão, não deve haver confusão na constituição das famílias, pois o desejo de Deus é que as famílias vivam unidas e no temor do Senhor.

Sejamos  igualmente gratos pelos familiares que temos, aprendamos a respeitar as diferenças que porventura apareçam, saibamos amar e respeitar aqueles que pensam diferente do que pensamos. Quando o principoema diz "retalhos de uma longa história" quer dizer que não nascemos isoladamente, não somos uma ilha, dependemos de todos aqueles que fazem parte de nossa trajetória na terra.

Essa semana tive a oportunidade de meditar em outro texto bíblico e hoje quero também deixar registrado. O texto está em Marcos 11: 12 a 24 - Resumindo a história conta que Jesus ao ter fome, viu uma figueira de longe e como as folhas pareciam verdes imaginou que lá poderia ter figos, mas ao aproximar-se da planta percebeu que ela estava sem frutos, então amaldiçoou a figueira.

A primeira vez que ouvi e li essa passagem achei um absurdo Jesus amaldiçoar uma planta só porque ela não podia dar frutos, mas essa semana cheguei a seguinte reflexão: "Às vezes no assemelhamos a uma figueira de aparências, por fora falamos de nossa fé, nossas folhas parecem tão verdes e quem de fora ver imagina que os frutos são frescos e maduros. Porém, nos primeiros obstáculos se pode ver que a nossa fé não passa de folhas verdes.

O que são as folhas verdes? Elas são garantia de que damos frutos? Absolutamente não. A figueira não secou em minha opinião porque Jesus a quis secar, mas sobretudo porque não havia no interior da planta algo que a sustentasse. Assim, qualquer palavra a derribaria, pois não havia suporte para continuar com folhas verdes e muito menos oferecer frutos no futuro.

Somos também assim, se não estivermos ligados na fonte certa, no suporte certo, qualquer palavra nos derriba se no nosso exterior somos apenas folhas verdes e no interior não passamos de caule seco.!

Enxergar a vida com gratidão é muito mais do que aparentar folhas verdes, é sobretudo uma fonte a jorrar no coração daqueles que descobriram e aceitaram a vida de Deus como dádiva aqui na Terra!

Não somos nada sem Deus e podemos ser o tudo que Ele desejar quando o aceitamos como a verdadeira fonte de vida contínua em nosso coração!!

Por essas e por outras razões redijo hoje para agradecer ao Deus Pai os obstáculos pelos quais passei que me fizeram tão somente entender o quanto dependo Dele para manter minhas folhas verdes, mas acima de tudo, existir uma fonte de água viva dentro do meu coração que emana do rio de Seu trono!

Obrigada Senhor por essa flor que fizeste nascer em minha vida, a Ti seja a honra e o louvor sempre!!

Marcmel.

domingo, 17 de julho de 2011

"Poeminha para parabenizar uma amiga"!!


Saudações!! É bom é viverem unidos os irmãos!! Salmo 133:1

Há dias estava arquitetando um principoema para parabenizar uma amiga muito especial para mim. Eu disse arquitetando porque o tempo tem sido tão corrido que os principoemas agora estão sendo construídos "tijolo por tijolo" quando me resta um tempo e me vem uma inspiraçãozinha, escrevo rapidinho num pedacinho de papel e tento guardar até poder alinhá-lo ao meu modo e por fim digitar no computador. 

Pois bem, dia 24 de Maio ainda, eu comecei a escrever este principoema de hoje e agora conclui por está ainda mais próximo o dia do aniversário dela e o meu também.

Comemoramos nosso aniversário no mesmo mês, ela dia 23 e eu dia 24, então desde nossa adolescência sempre mantemos contato nesses dois dias, aliás sempre depois do por do sol do dia 23. Daí ligamos uma para a outra ou nos vemos, já comemoramos esse dia de maneiras tão inusitadas que só de lembrar me vem um sorriso!

Então vamos ao principoema que vou ler para ela na próxima semana!

Um certo Parabéns!

Quem disse que a poesia
Pra ter efeito tem que rimar
Garanto que essa rima
No meu poema não vai estar
Por isso sem rima alguma
Hoje vim parabenizar

Começo por tuas pernas
Pretas, tortas e cabeludas
Não me esqueço de teus cabelos
Ah! Desculpa é peruca...
Tua barriga bucho de bote
Cara pintada e carrancuda.

Teu olho vesgo e furado
Tua bunda que a tábua cola
Nariz de tucano torto
Come! Boca de sacola!
Pra terminar a homenagem
Te lisonjeio e vou embora

Brincadeira para amiga
Que sabe do meu apreço
Seu dia um dia antes
Do dia que eu floresço
É 23 e 24 de julho
Primeiro ela, e eu envelheço

Nosso bolo é colorido
Pois representa nossa amizade
Cheia de cor e cheia de vida
Daquelas que deixam saudade
Nunca me esquecerei, jamais
Dos parabéns de nossa amizade!

Com carinho, Marcmel !

quarta-feira, 13 de julho de 2011

"A garota do Buquet"...

Pois é, acabei de voltar de um casamento e embora avançada a hora preciso postar isso! Estou super emocionada porque pela primeira vez...aliás...pensando bem....segunda!! (Nossa que mancada). Ok, começando...Hoje fui ao casamento de uma amiga que considero muito especial, e apesar de meu coração duro, ao vê-la lá no altar se derretendo de lágrimas, comecei a chorar também. Não tínhamos mais contato tão próximo assim nos ultimos tempos, pois a correria e a fase adulta da vida nos separou. O certo é que recebi o convite e por considerá-la tão especial assim fui prestigiá-la. 

A minha amiga "D" me traz muitas lembranças de minha pré adolescência e adolescência. Quando íamos acampar (detalhe: minha adolescência inteira foi de acampamentos..) ela sempre ficava na minha barraca e me lembro de nossas conversas tarde da noite. Ela tão singela e tão amiga e tão companheira. Orávamos juntas e adorávamos está na companhia uma da outra. Mas como já citei, a fase adulta nos obriga a nos afastarmos de pessoas que gostamos, mas sempre guardei a lembrança de minha amiga "D" no meu coração  por ela ser uma pessoa tão simples e cativante.

Bem, hoje foi o casamento dela e na hora do buquet, eu que nem gosto dessas "frescuras" acabei indo pela folia do momento e não é que o buquet me achou??!! Tantas garotas bem mais altas que eu na minha frente e  as flores encontraram minha mão!! Eu fiquei tão emocionada!! Voltei dentro do carro só falando para minha irmã: Nossa...que surpresa boa, estou tão boba com essas flores..!!rsr E no caminho me veio à mente um versículo e ele está aqui insistindo até agora, por isso, vim aqui fazer essa postagem, quem sabe algum leitor ou leitora precisa ler e meditar nesse versículo como eu precisava ouvir do Senhor hoje?!! Então diz assim:

Jeremias 29:11 - "Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais."

Então me veio a seguinte reflexão: Fazemos nossos planos e Deus lá dos céus tem os dEle, às vezes pedimos a Deus algo que inocentemente  declaramos bom o suficiente para nossa felicidade, e Deus diz que os pensamentos Dele embora às vezes achamos que não nos trarão felicidade, são esses mesmos que nos darão o fim que desejamos.

 Ou seja, os nossos pensamentos são gotinhas diante do Mar de respostas que Deus tem para nós. Ele é quem sonda os pensamentos, Ele é quem bem sabe os pensamentos a nosso respeito, e os pensamentos do Senhor são sempre de "Paz" e não de mal. 

O Salmista chega até dizer em Salmos 139 - "Ver Senhor se há em mim algum caminho mal e guia-me pelo caminho eterno".

 Significa dizer que nem sempre os pensamentos que achamos serem os melhores, são os melhores da Parte da Senhor, por isso, a grande certeza sempre é deixar nas mãos do Criador. Lá certamente estamos seguros!

E agora vou postar a foto do lindo buquet que me encontrou nessa noite linda!!



Marcmel!

Lembranças...e mais uma primavera chegando de novo...!!

13 de Julho de 2011 quarta-feira um dos dias da minha folga. "No princípio criou Deus os céus e a Terra.." Gêneses 1:1. 

Há muitas dias não passo por aqui no blogger para fazer uma postagem e na verdade tem sido assim por um bom tempo, exatamente em razão do tempo que nos consome. Nossa, como tem sido corrido esses dias, tantas lutas, tantas contas para pagar rsr, quantos trabalhos para dá conta, e os dias vão passando e menos tempo temos, pelo menos é isso que nos parece.
Mas, essa semana minha irmã resolveu fazer uma faxina daquelas no quarto dela que antes era nosso e por lá ela conseguiu resgatar algumas fotografias que temos de muito tempo atrás. E por alguns minutos que tive aqui no meu quarto, parei e comecei a analisar as fotos. Como o tempo passa e passa tão rápido!!! Alguns anos atrás eu era uma menininha cheia de sonhos e desejos e hoje fico aqui me considerando uma adulta ainda cheia de sonhos, alguns já realizados, mas ainda cheia de outros desejos. Fiquei olhando o tempo que passou e  o grande cuidado que Deus tem conosco, conservando-nos a vida, dando-nos força para lutarmos pelos nossos sonhos mais profundos...
Lembranças....lembranças foi o que me veio à mente, lembrança de quando eu e minha irmã tínhamos aquele medinho na barriga, medinho de respeito pelos nossos pais, lembranças de nossos amigos da infância, lembranças de nossos encontros no ensino médio, de nossos professores, lembranças dos passeios com nossos pais. Lembranças de nossos pensamentos e reflexões tão imaturas, mas tão sinceras e singelas.
Bem, foram tantas lembranças que só pude agradecer a Deus por Seus cuidados dispensados a mim e a minha família todo esse tempo e porque esse mês mais uma primavera chega em minha vida. Com todo louvor Senhor te agradeço por que Tu és meu Deus mesmo sabendo a filha que sou. Ao Deus do tempo o meu louvor sempre!!!

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Salmo 59: 2 - " Livra-me dos que praticam a iniquidade e salva-me dos homens sanguinários."

Eu já estava com saudade de postar algo, mas se esse algo não valer a pena é bem melhor esperar até que tenha o que dizer! Bom, nada mais irritante do que o seu veículo resolver parar no meio da rua e você lá com aquela carinha de vergonha sem saber fazer nada! Ainda vou fazer um curso de mecânica, eu juro!!! Pois é querido leitor, acabei de voltar daquela situaçãozinha  super chata do trânsito e que faz parte da vida de todos aqueles que fazem uso de seu veículo próprio. Aliás, até mesmo quando não é nosso acontece também, não sei os outros, mas eu já estive em situações em que o ônibus de viagem quebrou no meio do caminho!

Para sair desse assunto, ontem pela segunda vez na semana visitei a feira do livro de minha cidade, foi uma maravilha!!! E, no lançamento de um livro ao perceber as pessoas transitando no recinto comecei a escrever e hoje vou registrar o senti.

Laços
                                                               
É alegria de verdade ou uma falsa euforia?
É o calor da irmandade ou a sincera hipocrisia?
Quem me garante que tua mão 
Segura a minha com verdade?
Que certeza terei eu
Se é ou não falsidade?
Nesse mundo de mentiras
Minha crítica não vinga
Metade não são meus amigos
E a outra metade me oprime
Quem dera Deus o mundo mudasse
E eu pudesse apenas confiar
Que essas mãos que seguram a minha
Com amizade vão me abraçar
Sentir no peito do irmão
O coração bater mais forte
A alegria de minha presença
Trazer-lhes  apenas sorte
Mas meus versos são gotinhas
Em um oceano em grande fúria
Gotas, pingos, gotas
Que meu coração agrura
Se não for meu Deus pedir tanto
Peço a paz entre irmãos
Que meu coração seja sincero
Como o aperto de minhas mãos.

Marcmel

terça-feira, 7 de junho de 2011

Fibra Óptica - Um amor virtual - Alguém já amou virtualmente???

Em Salmos 17: 5 - " Dirige os  meus passos nos teus caminhos, para que as minhas pegadas não vacilem." 

Quando estamos aprendendo a andar e começamos a arriscar os nossos primeiros passinhos  nossos pais vibram com nossa garra de querer aprender e alçar altos voos.  Levantamos com um desejo enorme de ver o desconhecido e poder sentir a sensação nova de nossa coordenação motora em desenvolvimento, porém, como tudo em desenvolvimento, encontramos obstáculos no caminho. Nossos passos ainda não são firmes o suficiente para suportar o peso de nosso corpo e aos poucos vamos entendendo esse fator entre outros. O certo é que leva um certo tempo até nos acostumarmos com esse novo aprendizado e  a praticá-lo com perfeição. Em nossa vida espiritual  não é tão diferente. Começamos também com nossos primeiros passos e por vezes vacilamos na confiança em nossas próprias pernas entendendo prematuramente ser nosso corpo o peso suportável por nossas pernas e pés. Então vem Deus, como nosso Pai querido e segura em nossa mão e nos ensina e nos ajuda nos primeiros passos. Por vezes caimos e levantamos daí caimos de novo e Ele nos levanta. Às vezes Ele nos deixa cairmos para ganharmos mais confiança e entendermos que para tudo há o seu tempo e no tempo dele todas as coisas serão acrescentadas!

Por isso hoje, nessa meditação antes de dormir quero registrar esse verso que fala da grandeza de nosso Deus em proteger nossos passos nos guiando nos caminhos Dele afim de que nossos pés não vacilem nem na pressa de querermos  alcançar antes do tempo certo e nem de andarmos em caminhos tortuosos.

A Deus seja a glória por sua infinita misericórdia e por nos firmar os passos e ainda quando caimos não ficamos prostrados porque o Senhor nos segura pela mão.


Depois dessa meditação, já que estamos em clima de data comemorativa (Dia dos Namorados) quero registrar mais um principoema no assunto. Esse foi feito há bastante tempo, só nunca havia registrado antes, então se você que já viveu um amor virtual, uma amizade virtual sincera ou ainda gosta do assunto, espero que também goste da leitura e que seja o suficiente para lhe abrir um sorriso!

Paz nos corações,


Marcmel!

Fibra Óptica

Meu amor é virtual
Preferi assim, decidi que assim é mais real.
Nas navegadas da vida,
Nos chats de encontros
Encontrei meu grande amor
Que bate-papo legal
Solidão foi laçada
Curiosidade anormal.
Combinamos assim:
Você se liga em mim
Que eu me ligo a você.
Já cansei das bandidas
Traições dessa vida
Conexão quero te ver!
E todo dia eu corro
Na hora marcada
Para matar nossa vontade.
E não fico esperando
Porque nosso encontro
É uma eterna saudade.
Eu não toco seu corpo
Você não beija minha boca
Mas não há como esperar!
Nossa distância aproxima
Basta apenas um click
Para a web cam ligar
E seus olhos brilhando...
Seu sorriso chamando...
É hora de conectar!
Estou sonhando acordada
Amando e sendo amada
Paixão reinventada
O amor configurado
Para nunca mais falhar!


Marcmel








segunda-feira, 6 de junho de 2011

Dia dos Namorados sem Namorado(a) !!!

Em exatos seis dias será comemorado o dia dos namorados e já se sabe que as lojas terão um lucro absurdo por conta data, aliás com relação a todas as datas há um lucro absurdo! Mas vamos combinar que as lojas ficam verdadeiros espetáculos de decoração, coraçõezinhos, florzinhas, enfeites que não acabam mais... E tudo que desejamos é receber um presentinho e sentir-se lembrado(a) nesse dia.
Mas como comemorar os Dia dos Namorados sem ter um alguém do lado para trocar os presentinhos e andar no calçadão de mãos dadas admirando toda aquela decoração feita especialmente pra você e seu/sua amado(a) nesse dia?
Pensando nisso, é que me surgiu um "Principoema" nesta semana falando sobre o desejo de se ter alguém do lado, porém não é qualquer alguém, é um alguém escolhido de acordo com nosso desejo, um alguém idealizado e um romance configurado pra dar certo. (É claro que é meio utópico, mas depende muito da fé!!). O principoema chama-se "Um alguém pra mim", para quem reservar um tempinho para ler, meu sincero obrigada e  que o clima do romance embale seu coração.



Alguém pra mim

Quero encontrar alguém pra mim
Que me ame desse jeito assim, como sou
Que me faça os olhos brilharem de paixão, canção.
No meu coração uma bela melodia e sua mão,
Embalando o meu corpo e assim
Revelando o seu apreço e calor por mim.

Que ma faça entrar num pomar
Perfumes de frutas, flores e jasmim
Que me aponte uma estrela no céu a brilhar
Um abraço e um sorriso pra mim.

Quero encontrar alguém sem complicações
Que aceite meus dias tristes e aqueles de canções
Um chamego nos lençóis e um perfume no ar...
Um calor nos dias frios, um chocolate pra tomar

Uma conversa a dois sem restrições
Um beijo adolescente e um pensar maduro
Um alguém que não prefira multidões
Que abrace nosso momento e seja seguro.

Quero encontrar alguém que entenda
Quando a luz dos meus olhos brilhar
Que aceite que eu  seja a pessoa
Que se encontre no seu buscar.


Marcmel.